13 de março de 2020

Criaturas fantásticas resistem!

Clique na foto para assistir nosso vídeo exclusivo.

Estamos num momento o qual a informação perde seus “donos” e qualquer um pode transmiti-la em grandes proporções. Prevalecerá a verdade ou a mentira, em forma das destrutivas “fake news”?. Nessa novo momento, velhas “lendas” nos visitam desafiando nossa interpretação agora em forma de vídeo s e fotos que surgem em todo mundo. Para se pensar um pouco sobre essa nova situação, não necessita ir para o tema da Ufologia, como seria o mais esperado. Podemos ficar no que estuda a chamada Criptozoologia. Ou seja, o estudo de animais e criaturas não reconhecidas como reais pela ciencia atual. Tem se investido em programas em canais de documentários em seres famosos como o Abominável homem das neves, o “pé-grande” , o monstro de Lock Ness (que agora estão gastando alguns milhares de dolares e euros para se localizar seu DNA na água do imenso lago), e outros menos famosos  que tem  marcado presença em vídeos nas redes sociais.

Uma dessas redes é a chamada Sina Weibo(o twitter da China, onde um vídeo foi a sensação por mostrar uma longa criatura negra manobrando na superfície da água. O vídeo tevemilhões de visualizações, sobretudo ao atravessar as fronteiras chinesas. A criatura foi filmada na costa da cidade de Yichang, na província de Hubei, bem proxima à hidrelétrica das Três gargantas. O que o vídeo mostra, parece ser um tipo de cobra, enguia,ou o dorso de um grande animal marinho que nada serpentiando diante dos atônitos expectadores. Os “explicadores de plantão”, como o professor wang Chunfang, da Univercidade de Huazhong, disse que não se trata de uma nova espécie de criatura, e sim, de uma anomalia que ocorreu numa cobra aquática comum na região, que teria ocorrido graças a fatores externos, como a poluição, fazendo com que a cobra tivesse crescido a um tamanho extraordinário. Já o site de noticias The Paper chegou ao ponto de se confortar defendendo que era apenas  um longo pedaço de tecido preto boiando na agua. O jornal do governo China Daily, defendeu que er aumtipo de salmão. Ou seja, ninguem sabe realmente o que ra a tal criatura. O que realemnte se sabe, é que a Chinatem diversas criaturas míticas relatadas. Tais como o monstro do lago Kanas, em Xinjiang, entre outros.

Enquanto se discutia sobre o vídeo chines, uma comissão do governo da Islândia anunicou a existencia de um lendário monstro marinho. Sim, após uma investigação governamental realizada pelo Conselho Municipal de Fljotsdalsherao, na Islândia, foi determinado que a criatura realmente existe e seri aum monstro marinho que habit ao Lago Lagarfljot. O Discovery News afirmou que o que levou a essa decisão foi um vídeo de 2012. O primeiros avistamento de um criptídeo na região remontam o ano de 1345 e presseguiram até os dias de hoje. Os avistamentos, entretanto, tem aumentado muito na era digital, mostrando se tratar de um ser de forma longa e serpentina, sempre nadando no lago ao leste da Islândia. A criatura é descrita com cerca de 90 metros de comprimento, tendo tambem sido vista fora dágua, enrolado em arvores. Na antiguidade, seus encontros sempre eram um prenuncio de uma cadastrofe natural que iria ocorrer. Em 1963, o chefe do Serviço Nacional de Florestas da Islândia relatou encontrar um verme gigante. Já em 1998, um grupo com várias testemunhas, sendo elas um professores e um vários de seus alunos das Escola Hallormsstadir, tiveram o bizarro encontro.

Em fevereiro de 2012, após um vídeo, a emissora RUV provocou tanto reflexo social, ue foi criada uma Comissão da verdade com 13 personalidades para julgar a veracidade do vídeo. Mais uma vez, os “explicadores de tudo”, simplesmente julgaram tudo como uma ilusão folclorica e que a comissão somente queri a ”esquentar” o turismo na região. Fácil desmentir, não é mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *